Brasil tem nota de crédito rebaixada por agência

11/01/2018 21:53
Brasil tem nota de crédito rebaixada por agência
Delação da JBS, envolvendo o presidente Michel Temer, está entre os fatores avaliados pela agência - ERICK PINHEIRO / ARQUIVO JCS (15/11/2017)
Equipe On line do Jornal Cruzeiro do Sul
 
A agência de avaliação de risco Standard & Poor's rebaixou a nota de crédito da dívida do Brasil de "BB" para "BB-", ou seja, está agora três degraus abaixo do grau de investimento (concedido a países que são considerados bons pagadores). O atraso nas reformas e as incertezas sobre a eleição presidenciável deste ano estão entre os principais fatores que pesaram na decisão da agência. 
 
"O enfraquecimento da nossa avaliação sobre o Brasil reflete um progresso mais lento que o esperado e o fraco apoio da classe política do país para implementar uma legislação significativa para corrigir em tempo hábil a piora fiscal", afirma a S&P. Ela cita como exemplo a aprovação da reforma da Previdência, que está parada no Congresso desde maio de 2017, quando estourou a crise da delação da JBS, envolvendo o presidente Michel Temer. 
 
Para a agência, apesar das promessas de que as mudanças serão votadas neste ano, a série de adiamentos para colocar a proposta em vigor mostra que o governo tem um apoio político fraco no Congresso para resolver a questão fiscal. A discussão para abrandar a "regra de ouro" (que impede a União de emitir dívida em volume superior aos investimentos) também é um outro sinal, de acordo com a S&P, de que a classe política não está disposta a enfrentar os problemas fiscais. 
 
A S&P destaca ainda que, como não há um apoio forte agora para essas medidas, isso diminui a perspectiva de que essas questões sejam enfrentadas após as eleições de outubro. "Esse apoio enfraquecido - de dentro e de fora - da coalizão do governo ressalta as dificuldades que as autoridades vão enfrentar na disputa e logo após a corrida eleitoral de 2018." 
 
Segundo a agência, a população está desencantada com os escândalos políticos e a recessão, o que abre espaço para um "outsider" na disputa ou um candidato contra o "establishment". Dependendo de quem for eleito, diz ela, isso pode significar maior dificuldade para a formação de uma aliança multipartidária, "fundamental para aprovar qualquer lei no Brasil". 
 
A S&P havia retirado o selo de bom pagador do país em setembro de 2015, quando a nota passou de "BBB"- para "BB+". Em fevereiro do ano passado, desceu mais um degrau, para "BB". 
 
Perspectiva 
 
A perspectiva da nota, segundo a S&P, é estável - não há estimativa de um corte iminente. A agência diz que há menos de uma em cada três chances de ela aumentar ou diminuir a nota do Brasil no próximo ano. "A perspectiva estável reflete nossa visão do comparativamente sólido perfil externo do Brasil, e a flexibilidade e credibilidade de suas políticas monetárias e de câmbio ajudam a ancorar o rating "BB-" no próximo ano, equilibrando as fraquezas econômicas e fiscais e a incerteza sobre as eleições presidenciais de 2018." 
 
 
Folhapress
 
 

Notícias

21/09/2018 13:17
Bolsonaro diz sofrer 'ataques covardes' e que rivais querem 'poder a qualquer custo' O...
21/09/2018 13:08
Por Josenildo Melo INEXORÁVEL INESCRUSPULOSIDADE...
21/09/2018 00:18
Dom Romero: Menos de um mês para a canonização Falta menos de um mês para que Dom Romero seja...
21/09/2018 00:10
Papa retira de suas funções bispo indiano acusado de estupro por freira O papa Francisco retirou de...
20/09/2018 19:26
Como assistir ao debate presidencial desta quinta (20) na TV Aparecida   Debate reúne oito...
20/09/2018 18:44
Bolsonaro passa por drenagem após tomografia indicar líquido ao lado do intestino, diz...
20/09/2018 18:35
Jair Bolsonaro desmente que pretende recriar CPMF Presidenciável se pronunciou sobre o assunto no...
20/09/2018 17:41
Papa confia à Virgem Maria viagem à Lituânia, Letônia e Estônia Francisco confiou aos cuidados da...
20/09/2018 15:51
Nesta quinta, 20 de setembro, CNBB promove debate entre os presidenciáveis na TV A Conferência...
20/09/2018 13:50
Bruno Boghossian: Grife antipetista - Folha de S. Paulo Datafolha mostra que 57% dos que rejeitam...
20/09/2018 13:42
'Mudaremos juntos a direção do Brasil', diz Bolsonaro Candidato do PSL diz que irá "pegar firme...
20/09/2018 13:36
Papa: diabo usa os hipócritas, Jesus ensina o amor verdadeiro "A força do diabo é a hipocrisia,...
20/09/2018 13:25
Bolsonaro é 'ameaça' para Brasil e América Latina, diz The Economist A revista internacional traça...
20/09/2018 02:39
No Rio, Bolsonaro chega a 37% das intenções de voto; Haddad sobe para 11% Pesquisa do Ibope mediu...
20/09/2018 02:34
NO BLOG DO MAÍLSON DA NÓBREGA O PT contribuiu para a ascensão de Bolsonaro A corrupção e a má...
19/09/2018 20:13
Debate TV Aparecida: Candidatos a presidente se enfrentam nesta quinta-feira Este será o primeiro...
19/09/2018 19:50
Nomeação e transferência de bispos para o Brasil Dioceses de Carolina (MA) e Cruzeiro do Sul (AC)...
19/09/2018 19:36
EXCLUSIVO: CÂMARA TEM REGISTRO DE VISITAS DE ADÉLIO BISPO NO DIA DO ATENTADO Por Claudio Dantas...
19/09/2018 19:04
Moro: Lula refugia-se como vítima de imaginária perseguição política Juiz informou ao STF que...
19/09/2018 17:24
Antipetistas ricos deixam Marina e Amoêdo e migram para Bolsonaro Candidato do PSL tem captado...

Contato

Jornalista Josenildo Melo Teresina - Piauí - Brazil WhatsApp : 86 99513 2539 josenildomelo@yahoo.com