Brasil tem nota de crédito rebaixada por agência

11/01/2018 21:53
Brasil tem nota de crédito rebaixada por agência
Delação da JBS, envolvendo o presidente Michel Temer, está entre os fatores avaliados pela agência - ERICK PINHEIRO / ARQUIVO JCS (15/11/2017)
Equipe On line do Jornal Cruzeiro do Sul
 
A agência de avaliação de risco Standard & Poor's rebaixou a nota de crédito da dívida do Brasil de "BB" para "BB-", ou seja, está agora três degraus abaixo do grau de investimento (concedido a países que são considerados bons pagadores). O atraso nas reformas e as incertezas sobre a eleição presidenciável deste ano estão entre os principais fatores que pesaram na decisão da agência. 
 
"O enfraquecimento da nossa avaliação sobre o Brasil reflete um progresso mais lento que o esperado e o fraco apoio da classe política do país para implementar uma legislação significativa para corrigir em tempo hábil a piora fiscal", afirma a S&P. Ela cita como exemplo a aprovação da reforma da Previdência, que está parada no Congresso desde maio de 2017, quando estourou a crise da delação da JBS, envolvendo o presidente Michel Temer. 
 
Para a agência, apesar das promessas de que as mudanças serão votadas neste ano, a série de adiamentos para colocar a proposta em vigor mostra que o governo tem um apoio político fraco no Congresso para resolver a questão fiscal. A discussão para abrandar a "regra de ouro" (que impede a União de emitir dívida em volume superior aos investimentos) também é um outro sinal, de acordo com a S&P, de que a classe política não está disposta a enfrentar os problemas fiscais. 
 
A S&P destaca ainda que, como não há um apoio forte agora para essas medidas, isso diminui a perspectiva de que essas questões sejam enfrentadas após as eleições de outubro. "Esse apoio enfraquecido - de dentro e de fora - da coalizão do governo ressalta as dificuldades que as autoridades vão enfrentar na disputa e logo após a corrida eleitoral de 2018." 
 
Segundo a agência, a população está desencantada com os escândalos políticos e a recessão, o que abre espaço para um "outsider" na disputa ou um candidato contra o "establishment". Dependendo de quem for eleito, diz ela, isso pode significar maior dificuldade para a formação de uma aliança multipartidária, "fundamental para aprovar qualquer lei no Brasil". 
 
A S&P havia retirado o selo de bom pagador do país em setembro de 2015, quando a nota passou de "BBB"- para "BB+". Em fevereiro do ano passado, desceu mais um degrau, para "BB". 
 
Perspectiva 
 
A perspectiva da nota, segundo a S&P, é estável - não há estimativa de um corte iminente. A agência diz que há menos de uma em cada três chances de ela aumentar ou diminuir a nota do Brasil no próximo ano. "A perspectiva estável reflete nossa visão do comparativamente sólido perfil externo do Brasil, e a flexibilidade e credibilidade de suas políticas monetárias e de câmbio ajudam a ancorar o rating "BB-" no próximo ano, equilibrando as fraquezas econômicas e fiscais e a incerteza sobre as eleições presidenciais de 2018." 
 
 
Folhapress
 
 

Notícias

22/01/2018 09:54
22 DE JANEIRO DE 2018 - Coluna do Clúadio Humberto DOSSIÊ FAZ MEIRELLES SEGURAR MP ILEGAL...
22/01/2018 09:50
Cármen Lúcia suspende posse de Cristiane Brasil no Ministério do Trabalho   A presidente...
22/01/2018 09:43
Ricardo Noblat: Sem Lula, vida que segue -Blog do Noblat/ Veja   O rei morreu? Viva...
21/01/2018 16:50
Luiz Carlos Azedo: Por que somos assim? - Correio Braziliense   Nada indica que a...
21/01/2018 16:43
Papa no Angelus: o coração não se pode "photoshopear" Do balcão do Arcebispado de Lima...
21/01/2018 11:21
Os planos com e sem Lula na disputa Adversários fazem suas estratégias de olho no...
21/01/2018 11:14
PT teme encolher se Lula for barrado na eleição Disputa. Ainda sem consenso sobre um nome...
21/01/2018 00:34
Cidades conflagradas Por Marco Antonio Villa   Ao longo do século 20, as grandes...
21/01/2018 00:28
21 de janeiro de 2018 - Coluna do Cláudio Humberto GILMAR PODE TER DE DECIDIR SE CABRAL...
20/01/2018 20:59
Por Rodrigo Constantino “Vai ter que matar gente”   Para prender o Lula, vai ter...
20/01/2018 20:56
ESTADOS UNIDOS DA AMÉRICA A banalização da política - Diana Soller - Jornal Observador -...
20/01/2018 20:10
Planalto marca para segunda posse de Cristiane Brasil no Ministério do Trabalho Agência...
20/01/2018 20:05
20 DE JANEIRO DE 2018 - Coluna do Cláudio Humberto   LENIÊNCIA: EMPREITEIRAS QUEREM TCU...
20/01/2018 19:47
REVISTA VEJA - Quem quer Lula - J.R. GUZZO Está quase lá: mais uns poucos dias e vamos saber...
20/01/2018 19:43
Papa em Trujillo: Cristo é a melhor solução para as tempestades da vida Francisco celebrou a...
20/01/2018 16:22
Dora Kramer: A caravana passará Revista VEJA   O PT esperneia, mas a República não...
20/01/2018 16:11
DECISÃO - STJ autoriza posse de Cristiane Brasil no Ministério do Trabalho A decisão vai de...
20/01/2018 10:55
Muito barulho por nada Por Carlos José Marques   O desespero bateu nas hostes...
20/01/2018 10:38
JULGAMENTO LULA - Agora vai? O TRF-4 deverá confirmar e até agravar no próximo dia 24 a...
20/01/2018 10:29
João Domingos: O PT monta o circo - O Estado de S.Paulo   Se eleito, e puder tomar...

Contato

Jornalista Josenildo Melo Teresina - Piauí - Brazil WhatsApp : 86 99513 2539 josenildomelo@bol.com.br