Chefe do STF fala em ‘golpe institucional’

14/11/2015 09:19

Presidente do STF, Ricardo Lewandowski criticou ações pró-impeachment de Dilma Rousseff e pediu paciência para aguentar três anos sem “golpe institucional”.

 

Brasil precisa ter paciência para não embarcar em 'golpe', diz Lewandowski

 

Declaração do presidente do STF foi feita ao se referir a pedidos de impeachment contra a presidente Dilma protocolados na Câmara dos Deputados

 

Presidente do Supremo afirma que Legislativo 'deixou de lado sua função' e passou a exercer papel investigativo, 'substituindo o Ministério Público, a Polícia Federal e o próprio Judiciário'

 

Por Ricardo Chapola – O Estado de S. Paulo

 

Presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), o ministro Ricardo Lewandowski criticou nesta sexta-feira, 13, a atuação do Congresso ao elogiar a decisão tomada pela Corte de suspender as doações ocultas de campanha. Enquanto comentava a determinação do dia anterior, Lewandowski afirmou que o Judiciário está assumindo papeis da competência do Legislativo que, segundo ele, se dedica hoje a funções que deputados desconhecem. Para o presidente do STF, “investigar não é para amador” – em referência às Comissões Parlamentares de Inquérito instaladas na Câmara e no Senado para apurar eventuais esquemas de corrupção.

 

Essa ideia de separação tão absoluta de poderes hoje não sei se ainda vigora. Sobretudo no momento que o STF tem um protagonismo um tanto quanto maior resolvendo questões tais como essa de ontem. É matéria própria do Congresso Nacional, mas que o Congresso Nacional hoje não tem como resolver”, disse Lewandowski durante uma palestra realizada em uma universidade da zona oeste da cidade de São Paulo.

 

O Congresso deixou de lado a sua função legislativa e passou a exercer uma função investigativa. Inúmeras CPIs correndo, substituindo o Ministério Público, a Polícia Federal e o próprio Judiciário, fazendo aquilo que eles não sabem fazer e deixando de fazer aquilo que eles sabem fazer de melhor, que é legislar. Investigar é para profissional, não é para amador”.

 

Nessa quinta, 12, ministros do STF decidiram suspender as doações ocultas. Eles determinaram que os repasses eleitorais de pessoas físicas a partidos e transferidos para candidatos precisam ser identificados. Com a decisão de caráter liminar, a Corte suspendeu o trecho da lei de minirreforma eleitoral, aprovada pelo Congresso, que permitia doações sem a demonstração da origem dos recursos. A lei da minirreforma foi sancionada em 29 de setembro pela presidente Dilma Rousseff.

 

Ao elogiar a decisão, o presidente do STF disse que a determinação tornará a expressão do voto popular “livre de interferências espúrias”. A declaração foi dada depois de Lewandowski comentar o financiamento privado das campanhas eleitorais, também vetado pela Corte neste ano. “O STF proibiu ao meu ver em boa hora o financiamento de campanha por parte de empresas privadas. 

 

Entendemos que haveria um desequilíbrio de armas. Um cidadão, um votinho só não tem como enfrentar uma empresa que tem 100 milhões”, disse. “Medidas como essa de ontem, ao meu ver, tornam o processo mais transparente, torna a expressão do voto popular também mais livre de interferências espúrias”, afirmou.

 

Lewandowski disse também que o País precisa ter “paciência” nos próximos três anos para não embarcar no que chamou de “golpe institucional” que, segundo ele, significaria o retorno a tempos “tenebrosos”. O ministro, que não mencionou o nome da presidente Dilma Rousseff, se referia aos pedidos de impeachment contra a petista protocolados na Câmara dos Deputados.

 

Com toda a franqueza, devemos esperar mais um ano para as eleições municipais. Ganhe quem ganhe as eleições de 2016, nós teremos uma nova distribuição de poder. Temos de ter a paciência de aguentar mais três anos sem nenhum golpe institucional”, afirmou. “Estes três anos (após o ‘golpe institucional’) poderiam cobrar o preço de uma volta ao passado tenebroso de trinta anos. Devemos ir devagar com o andor, no sentido que as instituições estão reagindo bem e não se deixando contaminar por esta cortina de fumaça que está sendo lançada nos olhos de muitos brasileiros”, afirmou.


 

Notícias

21/02/2018 05:37
21 DE FEVEREIRO DE 2018 - Coluna do Cláudio Humberto TEMER RESERVA 3 EMBAIXADAS E PODE IR...
20/02/2018 22:50
20 DE FEVEREIRO DE 2018 - Cláudio do Cláudio Humberto INTERVENÇÃO FAVORECE CANDIDATURA DE...
20/02/2018 18:02
Planalto quer comunicação digital trabalhando como agência publicitária Mercado pode ter...
20/02/2018 17:18
Quinta meditação: "A sede de Jesus" A sede de Jesus é a sede de dar água viva, a sede de...
20/02/2018 17:15
Luciano começa a apontar o dedo para o governo Depois de um mês em articulação com...
20/02/2018 17:10
O custo econômico da violência - EDITORIAL GAZETA DO POVO - PR GAZETA DO POVO - PR -...
20/02/2018 17:04
Ricardo Noblat: A oposição burra perde de novo - Blog do Noblat   A faturar com a...
19/02/2018 19:00
Política - Ex-assessor de Lula pagou por obras em sítio, diz empresário Em depoimento...
19/02/2018 17:03
3ª meditação: escutar a própria sede é interpretar o desejo que temos em nós Nós batizados...
19/02/2018 16:47
Marcus André Melo: Zuma, Lula e o mensalão  Folha de S. Paulo   Lá e cá,...
19/02/2018 00:21
19 DE FEVEREIRO DE 2018 - Coluna do Cláudio Humberto SEM MINISTRO, TRABALHO JÁ PODERIA SER...
19/02/2018 00:16
‘Governo responderá a todos os pedidos de socorro’, afirma Torquato Jardim Força-tarefa...
19/02/2018 00:10
18 DE FEVEREIRO DE 2018 - Coluna do Cláudio Humberto INTERVENÇÃO PODE SER INÓCUA SEM ATOS DE...
18/02/2018 20:57
CATOLICISMO - O sexo e a cidade   Por Francisco Rodrigues, s.j.   Quem...
18/02/2018 20:49
Maia informou Cármen Lúcia sobre rito de votação do decreto de intervenção Presidentes dos 2...
18/02/2018 19:05
Aberto o tabuleiro da eleição 2018 Site da Revista IstoÉ   A disputa para valer, o...
18/02/2018 18:52
FIM DO PRAZO - LULA TEM ATÉ TERÇA PARA RECORRER DE CONDENAÇÃO, MAS NÃO PODE...
18/02/2018 18:44
Deputados votam nesta segunda decreto de intervenção no Rio de Janeiro   Jornal do...
18/02/2018 17:07
Reflexão do Padre Cesar Augusto para o 1º Domingo da Quaresma Pratiquemos o bem, deixemos...
18/02/2018 16:59
Após intervenção no Rio, Temer envia força-tarefa policial ao Ceará Agência Estado - Portal...

Contato

Jornalista Josenildo Melo Teresina - Piauí - Brazil WhatsApp : 86 99513 2539 josenildomelo@bol.com.br