Cidades conflagradas - Por Marco Antonio Villa

21/01/2018 00:34
Cidades conflagradas
Marco Antonio Villa
Por Marco Antonio Villa
 
Ao longo do século 20, as grandes interpretações do Brasil acentuaram as mudanças que estavam ocorrendo, em ritmo acelerado, no País. Era o momento da migração campo-cidade. O Brasil rural estava sendo deixado para trás. E surgiam as grandes cidades. Já nos anos 1950, duas delas suplantaram um milhão de habitantes: Rio de Janeiro e São Paulo.
 
O desafio do poder público era atender as novas demandas colocadas por uma população recém-chegada às cidades. Esse é o momento histórico privilegiado do populismo, no sentido clássico. Não foi tarefa fácil ampliar o sistema educacional, a malha viária, os transportes, o atendimento médico, entre outros desafios. Era considerado um orgulho o crescimento demográfico de 3% ao ano. As cidades, quanto maiores, melhores. São Paulo comemorou, ainda nos anos 1950, ter suplantado o Rio de Janeiro, então capital federal, em população. Propagava aos quatro ventos o título de cidade que mais crescia no mundo.
 
Com a expansão industrial e do setor de serviços, as metrópoles foram se espalhando pelo território. E atraindo em grandes levas a população rural. O contínuo crescimento econômico, a demanda por força de trabalho e a melhoria da qualidade de vida foram os principais elementos que em pouco tempo levou a uma profunda mudança na distribuição da população brasileira.
 
Com a crise do final do regime militar – durante o governo Figueiredo – o poder público perdeu as condições para atender as novas necessidades impostas por uma geração que já tinha nascido nas cidades. Ou seja, se nos anos 1940-1950, a qualidade de vida urbana, por mais simples que fosse, era muito superior ao cotidiano do mundo rural, nos anos 1980 as exigências foram crescendo – assim como os problemas na educação, saúde, segurança pública, moradia. E não havia recursos suficientes – e nem uma correta política urbana, com raríssimas exceções, como Curitiba.
 
Nesses 30 anos, o que era ruim, piorou. Não vivemos em cidades. São verdadeiros acampamentos de beduínos, parodiando Euclides da Cunha. E ao invés de enfrentarmos os graves problemas urbanos, fomos nos adaptando, como Lamarcks tupiniquins. Criamos mecanismos de autodefesa frente a violência. Representamos uma vida urbana que não existe. Estamos em meio a uma guerra civil.
 
Criamos mecanismos de autodefesa frente a violência. Representamos uma vida urbana que não existe. Estamos em meio a uma guerra 
civil
 

Notícias

21/05/2018 21:50
Centrão já tem cacife de R$ 600 milhões PR, PP, DEM, PRB e Solidariedade negociam pacto de...
21/05/2018 21:33
Papa pede aos bispos italianos redução do número de dioceses O Papa Francisco abriu, no...
21/05/2018 21:27
MUNDO - 'Deus te ama assim', diz Papa a homossexual Juan Carlos Cruz concede entrevista...
21/05/2018 17:01
77% se interessam mais pela Lava Jato do que pela Copa   Uma pesquisa do Instituto...
21/05/2018 15:04
Sessão solene para entrega de título ao Arcebispo Dom Jacinto Furtado de Brito Sobrinho - O...
21/05/2018 09:32
Presidente do Paraguai inaugura embaixada do país em Jerusalém Pais foi terceira nação a tomar tal...
21/05/2018 09:26
D. Konrad Krajewski: "Esta nomeação é para os pobres" "Esta nomeação não é para mim, é para o...
21/05/2018 08:02
Lançamento da O DIA TV fortalece o projeto transmídia do Sistema O Dia Com a transmissão em rede...
21/05/2018 07:55
Fim dos extremismos Dom Walmor Oliveira de Azevedo Arcebispo de Belo Horizonte A civilização está...
21/05/2018 07:51
Papa: a Igreja é mulher e mãe, como Maria Na homilia, o Santo Padre ressaltou que nos Evangelhos,...
21/05/2018 07:42
A Fenomenologia do Espírito representa a teoria do conhecimento de Hegel. Ela forma uma árvore do...
21/05/2018 05:00
21 DE MAIO DE 2018 - Coluna do Cláudio Humberto LAVA JATO DERRUBOU O MERCADO DE...
20/05/2018 17:34
Cento e vinte e sete anos da Rerum Novarum Ao recordar a apresentação da Encíclica...
20/05/2018 17:29
Vera Magalhães: A receita de Alckmin - O Estado de S. Paulo   Doze anos depois,...
20/05/2018 14:20
* Luiz Sérgio Henriques: Karl Marx e o nosso tempo - O Estado de S.Paulo   O...
20/05/2018 12:16
Papa anuncia nomes de 14 novos cardeais O que é um Cardeal? Segundo o Professor Felipe...
20/05/2018 11:57
Número de eleitores idosos supera o de jovens Envelhecimento da população pode mudar os...
20/05/2018 09:56
Arquidiocese de Teresina divulga programação de Corpus Christi Por Vera Alice Brandão -...
20/05/2018 09:48
20 DE MAIO DE 2018 - Coluna do Cláudio Humberto CAI FATURAMENTO DAS EMPREITEIRAS PÓS-LAVA...
20/05/2018 09:31
EDITORIAL - A hora da sabatina Por SÉRGIO PARDELLAS - Site da Revista...

Contato

Jornalista Josenildo Melo Teresina - Piauí - Brazil WhatsApp : 86 99513 2539 josenildomelo@bol.com.br