Laranjas registram R$ 800 mil em doação a Lula

08/10/2017 18:23
LAVA JATO
 
‘LARANJAS’ REGISTRAM DADOS DISTINTOS EM DOAÇÃO DE R$ 800 MIL A LULA
(FOTO: SÉRGIO CASTRO/ESTADÃO CONTEÚDO)
 
MPF MOSTRA CONFRONTO DE DADOS SOBRE TERRENO DO INSTITUTO E APARTAMENTO
 
Redação - Diário do Poder
 
A DAG Construtora, que serviu de “laranja” da Odebrecht no repasse de propinas para Luiz Inácio Lula da Silva no caso do prédio para o Instituto Lula e do apartamento 121 do Hill House, em São Bernardo do Campo, registrou em sua contabilidade interna  de 2010 que os R$ 800 mil pagos a Glaucos da Costamarques Bumlai, o “laranja” do ex-presidente, foram referentes a uma “multa”.
 
O registro diverge da versão declarada à Receita e em juízo por Glaucos da Costamarques, que informou que o valor recebido em sua conta em dezembro de 2010 foi pela cessão dos direitos de compra do prédio da Rua Haberbecke Brandão, em São Paulo, que serviria para ser sede do Instituto Lula.
 
O direito de compra foi fechado em agosto daquele ano em nome do “laranja” de Lula, em negócio com os antigos proprietários do imóvel conduzido pelo advogado Roberto Teixeira, compadre do petista.
 
“Vale ressaltar, como mais uma manobra de dissimulação empregada, que a DAG lançou, em sua contabilidade, segundo documentos apreendidos, que o pagamento de R$ 800 mil para Glaucos teria ocorrido a título de multa, lançando a despesa em uma conta contábil denominada ‘Canteiros, mobilização e desmobilização’, o que é evidentemente incompatível com os termos do simulado negócio de ‘cessão de direitos’ sobre o imóvel da Rua Dr. Haberbeck Brandão”, sustenta o Ministério Público Federal, no processo.
 
Lula, Teixeira, o ex-ministro Antonio Palocci, o “laranja” Glaucos da Costamarques, Marcelo Odebrecht e o dono da DAG, Demerval Gusmão, são réus acusados de corrupção e lavagem de dinheiro. Eles teriam se envolvido na operação dos dois imóveis que ocultariam R$ 12,4 milhões ao ex-presidente.
 
A força-tarefa da Lava Jato aponta que os R$ 800 mil foram a compensação pela compra por R$ 504 mil do apartamento 121 do Hill House, vizinho ao 122, onde mora o ex-presidente desde a década de 1990 e pertence à família, feita três meses antes, e o pagamento pelo trabalho de “laranja” na compra dos dois imóveis, com dinheiro de propinas da Odebrecht.
 
Laudo da Polícia Federal identificou em uma fórmula matemática das planilhas de propinas da Odebrecht, o registro dos valores repassados pela empresa para o “Prédio IL”, que seria referência ao prédio do Instituto Lula, que mostrariam que os R$ 800 milintegram os R$ 12,4 milhões repassados em benefício de Lula.
 
Cerco
 
Principal nome do PT para as eleições de 2018, Lula vê o cerco fechando cada vez mais a ele na Lava Jato. O petista foi condenado por Moro a 9 anos e seis meses de prisão em processo do caso triplex do Guarujá, que teria propina da OAS, em 12 de junho.
 
O Ministério Público Federal pedirá a condenação de Lula por corrupção e lavagem de dinheiro, pelo recebimento do terreno em São Paulo e do apartamento em São Bernardo, em contrapartida a benefícios obtidos pela Odebrecht os governos do PT, e por ter ocultado os bens em nome do “laranja” primo do amigo pecuarista.
 
Além da corrupção, a conclusão dos investigadores foi que a compra do prédio para o Instituto Lula e do apartamento 121 do Hill House envolveram 90 operações financeiras, de lavagem de dinheiro, para ocultar os envolvidos e, em especial, o beneficiário do esquema, o ex-presidente Lula.
 
Em fase final de diligências, o processo do caso prédio Instituto Lula e apartamento 121 do Hill House deve ter sentença ainda esse ano. A defesa de Lula sustenta que ele não é dono do imóvel e sim locatário, desde fevereiro de 2011, quando Dona Marisa assinou um documento com Glaucos da Costamarques, que previa pagamentos mensais de R$ 3.500,00.
 
Cada vez mais encurralado pela Lava Jato, Lula é reu ainda por suposta propina nas obras do Sítio Santa Bárbara, em Atibaia (SP), que também foi comprado em 2010 e está em nome de dois sócios e amigos dos filhos. O processo está em fase inicial e trata de propinas da Odebrecht e da OAS, com envolvimento também de Bumlai e Roberto Teixeira.
 
O petista também é investigado em outros seis inquéritos, pelo menos, em Curitiba, São Paulo e Brasília que podem atrapalhar seus planos de concorrer à Presidência em 2018. (AE)
 
 
 

Notícias

17/12/2017 21:12
Série Conhecimento - História do Chile Conforme Thais Pacievitch O navegador português...
17/12/2017 21:01
Sebastián Piñera é eleito novo presidente do Chile   Sebastián Piñera vota no segundo...
17/12/2017 18:30
Vencedor do prêmio Nobel de economia diz que moeda virtual Bitcoin é uma bolha   Jornal...
17/12/2017 18:17
Temer discute Previdência com Maia, Moreira e presidente da Riachuelo Presidente passa o dia...
17/12/2017 16:52
Fernando Gabeira: As marcas do ano - O Globo   Os japoneses escolheram um ideograma...
17/12/2017 16:42
Temer recebe Gilmar Mendes no Palácio da Alvorada Na pauta, a adoção do...
17/12/2017 12:58
Temer e Pezão assinam empréstimo de R$ 2,9 bilhões ao governo do Rio Cidade do Rio consegue...
17/12/2017 12:47
Papa: “Alegria, oração e gratidão" para viver o Natal de modo autêntico Neste último período...
17/12/2017 11:13
Reforma branda beneficiará 52% dos servidores federais Governo estuda alternativa para...
17/12/2017 11:05
Com extras, 71% dos juízes recebem acima do teto Remuneração média de magistrados nos...
17/12/2017 08:53
Temer deve viajar a Maceió na 4ª para entregas do Minha Casa Minha Vida Ministro das Cidades...
17/12/2017 08:45
Feliz 81 anos Papa Francisco Este ano o aniversário do Papa Francisco é comemorado em um...
17/12/2017 08:32
Eliane Cantanhêde: 2018 nas mãos do TRF-4 - O Estado de S.Paulo   O processo contra...
17/12/2017 08:30
Vera Magalhães: Erro de cálculo - O Estado de S.Paulo   O atual Congresso Nacional...
17/12/2017 08:26
Vinicius Torres Freire: Lula e os pobres na eleição bananeira - Folha de S....
17/12/2017 08:20
Cacá Diegues: Quem são os vândalos - O Globo   Quem quiser que acredite...
17/12/2017 01:00
Sócrates - Filósofo grego - Biografia de Sócrates Sócrates (470 a.C.-399 a.C.) foi um...
17/12/2017 00:41
17 DE DEZEMBRO DE 2017 - Coluna do Cláudio Humberto WALFRIDO SERIA VICE EM IMPROVÁVEL...
16/12/2017 23:13
O Brasil gosta de brincar com fogo Por Sérgio Pardellas - Site da Revista...
16/12/2017 22:56
CIRO NOGUEIRA - Os cassinos vão atrair capital estrangeiro  Por Octávio Costa e Ary...

Contato

Jornalista Josenildo Melo Teresina - Piauí - Brazil WhatsApp : 86 99513 2539 josenildomelo@bol.com.br