Papa: ser cristão é ser corajoso, não covarde

27/01/2017 14:24
Papa: ser cristão é ser corajoso, não covarde
Rádio Vaticana
 
Cidade do Vaticano (RV) – O Papa Francisco celebrou nesta sexta-feira (27/01) a missa na capela da Casa Santa Marta.
A Carta aos Hebreus proposta pela liturgia do dia – afirmou o Papa – exorta a viver a vida cristã com três pontos de referência: o passado, o presente e o futuro. Antes de tudo, nos convida a fazer memória, porque “a vida cristã não começa hoje: continua hoje”. Fazer memória é “recordar tudo”: as coisas boas e menos boas, é colocar a minha história “diante de Deus”, sem cobri-la  ou escondê-la:
 
“Irmãos, evoquem na memória aqueles primeiros dias’: os dias do entusiasmo, de ir avante na fé, quando se começou a viver a fé, as tribulações sofridas … Não se entende a vida cristã, inclusive a vida espiritual de todos os dias, sem memória. Não somente não se entende: não se pode viver de modo cristão sem memória. A memória da salvação de Deus na minha vida, a memória dos problemas na minha vida; mas como o Senhor me salvou desses problemas? A memoria é uma graça: uma graça a ser pedida. ‘Senhor, que não esqueça o teu passo na minha vida, que não esqueça os bons momentos, inclusive os maus; as alegrias e as cruzes’. Mas o cristão é um homem de memória”.
 
Depois, o autor da Carta nos faz entender que “estamos em caminho a espera de algo”, a espera de “chegar a um ponto: um encontro; encontro o Senhor”. “E nos exorta a viver por fé”:
 
“A esperança: olhar para o futuro. Assim como não se pode viver uma vida cristã sem a memória dos passos feitos, não se pode viver uma vida cristã sem olhar para o futuro com esperança... para o encontro com o Senhor. E ele diz uma bela frase: ‘Ainda bem pouco …’. Eh, a vida é um sopro, eh? Passa. Quando se é jovem, se pensa que temos tanto tempo pela frente, mas depois a vida nos ensina que aquela frase que todos dizemos: ‘Mas como passa o tempo! Eu o conheci quando era criança, e agora está casando! Como passa o tempo!’. Logo chega. Mas a esperança de encontrá-lo é uma vida em tensão, entre a memória e a esperança, o passado e o futuro”.
 
Por fim, a Carta convida a viver o presente, “muitas vezes doloroso e triste”, com “coragem e paciência”: isto é, com franqueza, sem vergonha, e suportando as vicissitudes da vida. Somos pecadores – explicou o Papa – “todos somos. Quem antes e quem depois… se quiserem, podemos fazer a lista depois, mas todos somos pecadores. Todos. Mas prossigamos com coragem e com paciência. Não fiquemos ali, parados, porque isso não nos fará crescer”. Por fim, o autor da Carta aos Hebreus exorta a não cometer o pecado que não nos deixa ter memória, esperança, coragem e paciência: a covardia. “É um pecado que não deixa ir para frente por medo”, enquanto Jesus diz: “Não tenham medo”. Covardes são “os que vão sempre para trás, que protegem demasiado a si mesmos, que têm medo de tudo”:
 
“‘Não arrisque, por favor, não…prudência…’ Os mandamentos todos, todos… Sim, é verdade, mas isso também paralisa, faz esquecer as muitas graças recebidas, tira a memória, tira a esperança porque não deixa ir. E o presente de um cristão, de uma cristã assim é como quando alguém está na rua e começa a chover de repente e o vestido não é bom e o tecido encurta... Almas pequenas … esta é a covardia: este é o pecado contra a memória, a coragem, a paciência e a esperança. Que o Senhor nos faça crescer na memória, nos faça crescer na esperança, nos dê todos os dias coragem e paciência e nos liberte daquilo que é a covardia, ter medo de tudo... Almas pequenas para preservar-se. E Jesus diz: ‘Quem quer preservar a própria vida, a perde’”.
 
 

Notícias

20/04/2018 09:58
Papa em Alessano: Livrar-se dos sinais do poder, para dar espaço ao poder dos sinais Diante...
20/04/2018 09:35
Política Joesley diz que pagava mesada de R$ 50 mil a Aécio, segundo jornal   Em...
19/04/2018 18:00
Clero do Brasil é jovem   Reunidos na 56° Assembleia em Aparecida, os bispos do...
19/04/2018 17:44
Bispos reunidos em sua 56ª Assembleia Geral enviam mensagem ao povo de Deus   O...
19/04/2018 17:09
William Waack: A pobreza do debate - O Estado de S.Paulo   A Lava Jato traçou a...
19/04/2018 17:02
Caminhada da Fraternidade quer ampliar consciência do respeito ao outro Cris Pinheiro - Vera...
19/04/2018 16:27
Política - TRF4 nega mais um recurso de José Dirceu, que fica perto da...
19/04/2018 16:14
Papa Francisco: não existe evangelização de poltrona Em sua homilia, Francisco destacou que...
19/04/2018 03:48
Papa recebe o pai de Alfie: somente Deus é dono da vida O encontro ocorreu na Casa Santa...
19/04/2018 03:40
19 DE ABRIL DE 2018 - Coluna do Cláudio Humberto SUSPEITA É QUE PASSAPORTE SERVIRIA À FUGA...
18/04/2018 21:25
Gleisi pede apoio do mundo árabe para libertar Lula da prisão   Presidente do PT diz...
18/04/2018 18:04
Porandubas Políticas Por Gaudêncio Torquato   Porandubas nº 570...
18/04/2018 17:59
Álvaro Dias defende reformulação da República e diz que eleitor quer candidato ficha...
18/04/2018 14:41
TRF-4 nega último recurso de Lula no caso do triplex do Guarujá Desembargadores decidiram...
18/04/2018 08:33
Papa: Batismo implica uma resposta pessoal “Deus chama cada um pelo nome, amando-nos...
18/04/2018 08:25
Vera Magalhães: Dilma, Aécio e a Lava Jato - O Estado de São Paulo O que une o destino dos dois...
18/04/2018 07:53
Por Jorge Oliveira   JORNAIS ESTRANGEIROS AGORA CONDENAM CORRUPÇÃO DE LULA Rio - A imprensa...
18/04/2018 07:43
18 DE ABRIL DE 2018 - Coluna do Cláudio Humberto ALCKMIN PRESSIONADO A EXPULSAR AÉCIO DO PSDB O...
18/04/2018 07:37
Aécio Neves réu ‘entristece’, mas ‘lei é para todos’, diz Alckmin O presidente do PSDB, Geraldo...
17/04/2018 20:35
Por 5 a 0, Aécio vira réu em ação no Supremo Senador do PSDB mineiro agora responderá ao...

Contato

Jornalista Josenildo Melo Teresina - Piauí - Brazil WhatsApp : 86 99513 2539 josenildomelo@bol.com.br